Início do conteúdo

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ATENÇÃO PRÉ-NATAL EM 13 UNIDADES DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO DO NORTE-CE

RESUMO

Este estudo avalia a qualidade da atenção pré-natal, utilizando os componentes, estrutura, processo e resultados. O objetivo geral foi: avaliar a qualidade de atenção ao pré-natal realizado pelas equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) do município de Juazeiro do Norte–CE. Os objetivos específicos foram: avaliar os recursos físicos, humanos, materiais e organizacionais empregados na atenção pré-natal; avaliar as atividades técnicas realizadas pelos profissionais de saúde na atenção pré-natal; analisar os indicadores de resultados decorrentes da atenção pré-natal. Pesquisa avaliativa e avaliação normativa. O estudo de caso foi utilizado como estratégia metodológica. Realizada no ano de 2013, os dados foram obtidos a partir de três instrumentos. Os resultados mostram que nenhuma unidade de saúde apresentou todos os componentes da estrutura em conformidade. Os recursos físicos, materiais e organizacionais foram considerados com o padrão intermediário 66,2, 67,9 e 71,1% respectivamente. Contudo, os recursos humanos obtiveram padrão adequado, com 86,5%. A avaliação global da estrutura foi classificada em intermediária (68,3%). Quanto ao processo, verificou-se baixo registro de informações consideradas importantes no pré-natal. 76,5% das gestantes tiveram adequação no nível 1, porém quando associada aos exames laboratoriais (nível 2), o índice de adequação foi irrisório (1,2%). A essa condição, quando acrescentados os procedimentos clínicos e obstétricos (nível 3), evidenciou elevada inadequação (83,5%), sem registro de adequação. A análise dos indicadores, apesar de não refletir a realidade total do município, indicou iniquidades entre os diferentes estratos. Logo, aponta-se a necessidade de permanentes avaliações para o planejamento e a organização de ações de saúde, delimitando os aspectos mais fragilizados que carecem de investimentos, subsidiando reflexões e discussões entre profissionais e gestores, com intuito de melhoraria da qualidade da atenção pré-natal.

Palavras-chave: Cuidado pré-natal. Avaliação em saúde. Qualidade da assistência à saúde. Estratégia Saúde Família.

Voltar ao topoVoltar