Início do conteúdo

AVALIAÇÃO DO ACOLHIMENTO NAS UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA EM SÃO LUÍS-MA.

RESUMO
Atenção Básica deve ser o primeiro contato dos usuários do SUS , considerando-se os princípios de acesso, vínculo, continuidade do cuidado, integralidade da atenção, humanização, entre outros. Para a Política de Humanização, o acolhimento é o processo característico das práticas de produção e promoção de saúde que implica responsabilização do trabalhador da saúde. O objetivo deste estudo foi avaliar o acolhimento nas unidades de saúde da família. Trata-se de uma pesquisa avaliativa de abordagem quantitativa realizada de janeiro de 2010 a março de 2011 no município de São Luís – MA. A população foi composta por 882 usuários, 80 profissionais de saúde e 32 gestores. Utilizaram-se questionários validados no Brasil a partir dos componentes do Primary Care Assessmente Tool (PCATool).Para usuários, o acolhimento obteve o Índice Composto de 3,7 indicando ser insatisfatório, o que revela não acolhimento nos serviços de saúde da atenção básica; para os profissionais de saúde o Índice foi de 4,0 e para os gestores foi de 4,3 explicitando que o acolhimento nas unidades de saúde da família necessita de melhorias. Nas categorias do acolhimento formuladas neste estudo, os sujeitos concordaram que o acesso foi insatisfatório para os usuários, pois os serviços não são resolutivos e a escuta qualificada não acontece, divergindo dos profissionais e gestores. Para o usuário, o vínculo está caraterizado pelo não interesse do serviço sobre suas condições de vida e de sua família (58,5%), enquanto que para os profissionais( 36,3%) ocorre sempre o interesse sobre as condições de vida do usuário e para os gestores (50%)concordaram que havia interesse sobre as condições de vida do usuário e família. A pesquisa demonstra que existem fragilidades na garantia dos direitos dos usuários do SUS.É necessário melhorias e fortalecimento do acesso, serviços resolutivos baseados nas necessidades da comunidade, acolhedores com escuta qualificada e fortalecimento dos vínculos com a família.
Palavras-chave: Atenção Básica. Acolhimento. Avaliação em Saúde.

Voltar ao topoVoltar