Início do conteúdo

AVALIAÇÃO DO AUTOCUIDADO EM GRUPOS DE SAÚDE DO HOMEM NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

RESUMO

A saúde do homem tem sido negligenciada em muitos aspectos, especialmente aqueles relacionados ao modo como os homens lidam com sua saúde. O estudo teve como objetivo avaliar práticas de autocuidado em homens com idade igual ou superior a 25 anos, participantes em grupos de saúde do homem, vinculados a equipes da Estratégia Saúde da Família - ESF em um bairro de Fortaleza – Ceará, considerando aspectos socioeconômicos e hábitos desenvolvidos para manutenção da saúde e prevenção de agravos pelos participantes dos grupos. Trata-se de pesquisa descritiva correlacional, quantitativa, realizada no ano de 2013. Foram entrevistados 170 homens. Deles, 42,1% referiram ir ao médico de forma regular e 41,8% praticavam atividades físicas regulares. Dentre os homens de 50 a 59 anos, 42,6% haviam sido submetidos ao toque retal. Daqueles com vida sexual ativa, 68,9% não usavam preservativos. Ressalta-se, através desse estudo a necessidade de integração de medidas de prevenção para a população masculina na busca de práticas de autocuidado efetivas, incluindo a capacitação dos profissionais e a transformação das unidades de atenção primária à saúde em ambientes que considerem o universo masculino e suas singularidades.

Palavras-chave: Saúde do Homem; Autocuidado; Atenção Primária à Saúde

Voltar ao topoVoltar