Início do conteúdo

EDUCAÇÃO EM SAÚDE COM IDOSOS: UMA PROPOSTA PARA FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE ORIENTADA PELAS COMPETÊNCIAS DE PROMOÇÃO DA SAÚDE

RESUMO - Introdução: o envelhecimento populacional é uma realidade que se apresenta como um importante desafio para os serviços de saúde. Promover o envelhecimento saudável e ativo é uma proposta do Sistema Único de Saúde. A educação em saúde pode ser uma forma eficaz de promover saúde nesse público. Nesse sentido, formar profissionais com competências para atuar na educação em saúde com idosos pode contribuir para melhorar a qualidade de vida desses usuários. Objetivo: elaborar uma proposta de formação para os profissionais da Estratégia Saúde da Família voltada para práticas de educação em saúde com idosos e orientada pelos domínios das Competências Principais de Promoção da Saúde. Método: pesquisa-intervenção, desenvolvida com profissionais de nível superior da Estratégia de Saúde da Família, dividido em quatro momentos: aproximação com o grupo; identificação de como acontecem as práticas de educação em saúde realizadas com idosos pelos profissionais utilizando o Círculo de Cultura; devolutiva aos profissionais e proposta de formação. Os dados oriundos do estudo foram processados no software Iramuteq e analisados à luz do referencial Competências Principais de Promoção da Saúde. Resultados: participaram 17 profissionais. Na investigação temática, emergiram, do universo vocabular para os quatro temas geradores, os seguintes termos principais: acolhimento, deficiente, atendimento individual e sensibilizar. Na tematização, observaram-se as sinopses a partir das discussões dos temas geradores. Na problematização, originou-se o corpus de análise que suscitou as quatro categorias temáticas do estudo que expressaram a realidade apresentada pelos profissionais e as possibilidades evidenciadas. A partir das sinopses da tematização e das nuvens de palavras oriundas da problematização, pôde-se correlacionar com os domínios do referencial adotado. Encontrou-se que a maioria dos domínios está presente nas falas sobre a educação em saúde com idosos, apesar dos diferentes enfoques, conforme as etapas do Círculo de Cultura e que apenas a parceria, implementação e avaliação e pesquisa são expressas em uma única das etapas. A devolutiva oportunizou o compartilhamento dos resultados do estudo com os participantes e a opção do grupo 10 de que fossem abordados, na proposta formativa, todos os domínios de Competências Principais de Promoção da Saúde, com ênfase nos três que foram menos expressos. Considerações finais: possibilitou-se o reconhecimento dos domínios de Competências Principais de Promoção da Saúde expressos nas práticas de educação em saúde com idosos realizadas pelos profissionais da Estratégia de Saúde da Família, permitindo o delineamento de um processo formativo para atender às necessidades desses profissionais voltadas às práticas educativas com idosos, contemplando todos os domínios, mas com ênfase em Parceria, Implementação e Avaliação e Pesquisa. Acredita-se que uma formação nesse âmbito contribui para ações de educação em saúde com idosos mais eficazes. Espera-se que o processo vivenciado no Círculo de Cultura sirva para uma reflexão acerca das práticas desses profissionais em relação à saúde dos idosos e que forneça subsídios e estímulo para realizar ações de educação em saúde na Estratégia de Saúde da Família.

Palavras-chave: Promoção da Saúde. Educação em Saúde. Saúde do Idoso. Competência Profissional.

Voltar ao topoVoltar