Início do conteúdo

EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO ESTRATÉGIA PARA PROMOÇÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

RESUMO

A história tem revelado que um padrão dietético é determinado pelas características culturais, sociais, econômicas e políticas de uma sociedade, sendo os hábitos e as atitudes alimentares consequências daquelas. Neste contexto, o conceito de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) pode adquirir variados sentidos, dependendo de sua historicidade, e a isto se alinha a necessidade de práticas de educação em saúde para o reconhecimento das significações culturais que permeiam a SAN. Deste modo, objetivou-se produzir uma síntese de evidências sobre educação em saúde enquanto estratégia para o enfrentamento da Insegurança Alimentar e Nutricional (IAN). O estudo foi do tipo bibliográfico, embasado pelo método Supporting Policy Relevant Reviews and Trials (SUPPORT), que têm como público-alvo os tomadores de decisão e seus apoiadores no âmbito das políticas de saúde. Como resposta ao problema, foram propostas três opções: 1) Incentivar relações interprofissionais para o desenvolvimento de estratégias educativas em saúde; 2) Utilizar ações educativas em saúde no enfrentamento da insegurança alimentar e nutricionais e 3) Promover a intersetorialidade para o desenvolvimento de intervenções educativas em saúde no enfrentamento da insegurança alimentar e nutricionais. A educação em e na saúde pode ser articuladora da SAN, em uma dimensão ampla, integrando estratégias que possam proporcionar uma experiência de aprendizado com participação ativa dos envolvidos (sujeitos, profissionais de saúde e gestores). Reitera-se que as opções propostas para sua aplicação devem ser consideradas em sua aplicabilidade prática e viabilidade, inserindo-se na governabilidade da tomada de decisão. Desse modo, potencializa-se a produção de síntese de evidências como fator de qualificação do processo de tomada de decisão nas políticas públicas de saúde.

Palavras-chave: Segurança Alimentar. Nutrição. Educação em saúde. Evidência Científica.

Voltar ao topoVoltar