Início do conteúdo

EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE: MEDIANDO UMA APRENDIZAGEM SOBRE ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA – UM ESTUDO PILOTO

RESUMO

A Política Nacional de Atenção Básica tem na Saúde da Família sua principal estratégia de expansão e consolidação da Atenção Básica. Os Centros de Saúde da Família (CSF) absorvem um grande número de trabalhadores. A formação destes para o Sistema Único de Saúde e, nesse caso, para os CSF sobre a temática Estratégia Saúde da Família (ESF) é o objeto de estudo deste trabalho. Os treinamentos sobre ESF são poucos e direcionados às equipes de Saúde da Família (eSF), distanciando os demais trabalhadores dessa temática. Diante desse problema aplicou-se um projeto de intervenção com o objetivo geral de promover um processo de educação permanente focado na dinâmica da ESF para os trabalhadores do SUS, e com objetivos específicos de fomentar o conhecimento sobre ESF, sensibilizar os trabalhadores do CSF para o processo de trabalho na ESF e despertar nos participantes a importância da integração entre os demais trabalhadores e as eSF. A Intervenção se deu no CSF Pedro Celestino Romero, em fevereiro de 2014. Participaram dela doze de seus trabalhadores, de diversas categorias profissionais. Para eles foram realizadas três oficinas educativas, abordando temas relacionados à ESF. Obedeceu-se aos preceitos éticos da Resolução CNS Nº 466/2012. Na análise da Intervenção utilizaram-se roteiros de observação usados nas oficinas educativas, pré-testes e pós-testes e ainda um instrumento de avaliação da metodologia, baseados na escala de Likert (GIL, 1999). A análise considerou os dois primeiros níveis do método de avaliação de treinamentos de Kirkpatrick, que no primeiro nível avalia a reação dos participantes à metodologia abordada e, no segundo, a aquisição de conhecimentos por eles. Essa intervenção iniciou um processo de Educação Permanente sobre ESF. A avaliação dos dados mostrou que a Educação Permanente em Saúde é uma ferramenta importante para a aquisição/atualização de conteúdos, pois os trabalhadores aprimoraram e/ou aumentaram seus conhecimentos sobre ESF.

Palavras-chave: Estratégia Saúde da Família. Educação Permanente. Atenção Primária à Saúde. Recursos Humanos em Saúde.

Voltar ao topoVoltar