Início do conteúdo

GUIA BÁSICO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE FERIDAS DO MUNICÍPIO DE NATAL: UMA ANÁLISESOB A PERSPECTIVA DOS ENFERMEIROS

RESUMO: A pele é o maior órgão do corpo, indispensável para a vida humana e essencial para o funcionamento fisiológico do organismo. Como qualquer outro órgão, está sujeito a sofrer agressões advindas de fatores patológicos intrínsecos e extrínsecos que podem desencadear feridas cutâneas. No Brasil, as feridas acometem a população de forma geral, independente de sexo, idade ou etnia e se constituem em um grave problema de saúde pública. Dessa forma, os profissionais de saúde precisam estar qualificados para atender essa clientela, devendo fazer uso de protocolos que sistematizem a assistência. Nessa direção, foi elaborado um Guia Básico de Prevenção e Tratamento de Feridas (GBPTF) para o município de Natal, visando orientar a conduta dos profissionais de enfermagem na Atenção Básica de Saúde (AB). Esse Guia vem sendo utilizado pelos enfermeiros da rede de saúde desde o ano de 2016. Destarte, esta pesquisa buscou analisar os resultados procedentes da implantação do GBPTF, sob o ponto de vista dos enfermeiros. Trata-se de um estudo exploratório de abordagem qualitativa. Foram entrevistados 20 enfermeiros que atuam na estratégia Saúde da Família e fazem uso regular do GBPTF. Os instrumentos de coleta de dados foram: questionário, observação direta e análise documental. Os dados foram analisados com base na técnica de análise temática de conteúdo proposta por Bardin, dando origem a duas categorias, a saber: „percepção sobre o GBPTF‟ e „mudanças efetivadas após a implantação do GBPTF‟. Os resultados apontam que o GBPTF está implantado em 95% das unidades de saúde da AB, permitindo a padronização das ações assistenciais para os portadores de lesão cutânea, acelerando o processo cicatricial das lesões. Ademais, evidenciou-se a satisfação e a segurança, na conduta dos enfermeiros, no manejo do protocolo, além da redução de gastos públicos com materiais de cobertura, o que pode ser atribuído à capacitação e qualificação dos enfermeiros que fazem uso sistemático do Guia. Pode-se dizer que o GBPTF vem contribuindo para o alcance de resultados satisfatórios junto aos profissionais, usuários e serviço de saúde.

 

Palavras-chave: Guia Básico de Prevenção e Tratamento de Feridas; Padronização da assistência de enfermagem; Percepção de enfermeiros.

Voltar ao topoVoltar