Início do conteúdo

HABILIDADES SOCIAIS DE ADOLESCENTES ESCOLARES: ANÁLISE DE UM PROGRAMA DE INTERVENÇÃO

RESUMO: Sustenta-se na literatura científica a premissa de que déficits nos repertórios das habilidades sociais (HS) são fatores preditivos para problemas de comportamento em adolescentes. Programas de HS têm se mostrado uma metodologia terapêutica eficaz para maximizar fatores de proteção ao desenvolvimento pessoal e na aprendizagem dos estudantes. O objetivo desta pesquisa foi analisar o efeito de um programa de intervenção para o desenvolvimento de habilidades sociais em adolescentes de uma escola pública. Estudo quase-experimental dividia em duas etapas, a primeira buscando a caracterização das HS dos participantes e a segunda com a implementação de uma intervenção, realizado com adolescentes que cursavam o ensino médio no município de Alcântaras, Ceará, durante o período de julho a dezembro de 2019. Utilizou-se o Inventário de Habilidades Sociais para Adolescentes (IHSA) que descreve sete categorias de frequência e dificuldade nos índices de Empatia, Autocontrole, Civilidade, Assertividade, Abordagem Afetiva e Desenvoltura Social. A amostra foi não probabilística por conveniência, onde 197 adolescentes escolares participaram da primeira etapa respondendo o IHSA, sendo 44,7% meninos e 55,3% meninas com idade entre 15 e 17 anos. Resultados da primeira etapa não apontaram resultados homogêneos. A amostra feminina demonstrou maior dificuldade na emissão dos comportamentos analisados com a amostra masculina, cerca de 10% a mais da amostra feminina apresentou dificuldade muito acima da média. Na etapa subsequente, a intervenção, participaram 21 adolescentes, os resultados encontrados na comparação pré-teste e pós-teste, que houve evolução positiva nos escores de frequência em empatia, autocontrole, civilidade e abordagem afetiva segundo o teste wilcoxon. A ampliação do olhar ao público adolescente com esta pesquisa pôde mostrar que as HS podem ser uma ferramenta de análise e intervenção promotora de saúde do adolescente. Há a necessidade de mais estudos entre a Estratégia Saúde da Família e este campo teórico e prático.

Palavras-Chave: Saúde do Adolescente. Treinamento de Habilidades Sociais. Saúde do Escolar.

Voltar ao topoVoltar