Início do conteúdo

IMPACTO DA DIMENSÃO GESTAÇÃO SAUDÁVEL E SEGURA DO PROJETO CUIDANDO DO FUTURO NAS AÇÕES DE PRÉ-NATAL E NA REDUÇÃO DA MORTALIDADE INFANTIL NO MUNICÍPIO DE BACABAL-MA

RESUMO
As ações desenvolvidas para a promoção de uma gestação saudável e segura promovem um declínio da mortalidade infantil em várias regiões do país, sendo necessária a adoção de práticas educativas e investimento na melhoria da qualidade dos serviços, devendo-se, para tanto, implementar programas de melhoramento para garantir um atendimento de qualidade. Assim, a presente pesquisa teve como objetivo avaliar as ações de pré-natal, desenvolvidas antes e depois da implantação do Projeto Cuidando do Futuro, no município de Bacabal, Maranhão, considerando os indicadores previstos na dimensão Gestação Saudável e Segura. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem quantitativa, desenvolvida a partir de dados do Sistema de Acompanhamento do Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento, das gestantes que iniciaram e finalizaram a assistência pré-natal nos anos de 2009 e 2011, um ano antes da implantação do Projeto Cuidando Futuro e um ano após, respectivamente, tendo como base os indicadores de qualidade propostos, pelo Projeto Cuidando do Futuro. Para estudar o indicador de mortalidade infantil utilizaram-se dados do Sistema de Informação de Mortalidade e do Sistema de Informação de Nascido Vivo, sendo analisado pelo programa Statistical Package for the Social Sciences, utilizando a correlação de Pearson para comparação das variáveis em estudo. Observou-se que o número de gestantes que realizaram sete ou mais consultas passou de 1,2% para 14,7%, notando-se um aumento na realização do pré-natal no primeiro trimestre de 11,7% para 66,5%. Em relação aos exames laboratoriais, em 2009, 10% das gestantes realizaram todos os exames, tendo um acréscimo para 13% em 2011 e o número de gestantes imunizadas ampliou-se de 51,6% para 79%. Com todos esses indicadores melhorados, observou-se uma redução da mortalidade infantil. Conclui-se que o Projeto Cuidando do Futuro, gerou impacto positivo nas ações de pré-natal, ajudando a reduzir as taxas de mortalidade infantil, tornando-se atualmente um desafio investir cada vez mais em políticas e práticas para adequada assistência pré-natal, melhorando cada vez mais os indicadores de qualidade e reduzindo mais ainda a mortalidade infantil.
Palavras-chave: Assistência pré-natal, Coeficiente de mortalidade infantil, Recém-nascido.

Voltar ao topoVoltar