Início do conteúdo

INDICADORES DE SAÚDE DA POPULAÇÃO INFANTIL ATENDIDA PELA ATENÇÃO BÁSICA NO ESTADO

RESUMO

Indicadores de saúde são instrumentos importantes para medir uma realidade, avaliar e planejar ações de saúde nas diversas áreas, entre elas o monitoramento da saúde infantil. Entretanto, no Maranhão são escassas informações existentes sobre indicadores de saúde da criança e informações sobre condições sanitárias, assim como dimensões do estado de saúde da população infantil e o desempenho do sistema de saúde. Objetivou-se analisar indicadores de saúde infantil em menores de cinco anos residentes no Estado do Maranhão, atendidos pela Atenção Básica. Trata-se de um estudo observacional, descritivo, de abordagem quantitativa, realizado com base no Sistema de Informação da Atenção Básica, abordando indicadores socioambientais, demográficos, operacionais e epidemiológicos nos anos 1998, 2003, 2008 e 2013. Com o passar dos anos observou-se diminuição entre todas as faixas etárias infantis e aumento da faixa etária de maiores de 60 anos. Os indicadores socioambientais mostraram que 34,8% das famílias cadastradas na atenção básica utilizam água sem tratamento e somente 6% das famílias eram coberta por sistema de esgoto em 2013. Os indicadores operacionais mostraram aumento das crianças menores de quatro meses em aleitamento materno exclusivo; aumento das crianças menores de um ano com vacinas em dia. Entre os indicadores epidemiológicos relacionados à morbidade, houve aumento na proporção de crianças com baixo peso ao nascer e queda acentuada na proporção de crianças menores de um ano desnutridas. Houve queda na mortalidade infantil geral e de todos os seus componentes. Quanto à mortalidade infantil por macrorregionais de saúde, as Macrorregionais de Coroatá e Pinheiro apresentaram taxa de mortalidade infantil superior à encontrada no Estado. A expansão da cobertura populacional da Atenção Básica no Maranhão mostrou um aumento do acesso da população infantil aos serviços de saúde, contribuindo para melhorias nas condições de saúde.

Palavras-chave: Saúde da Família. Saúde da Criança. Indicadores Básicos de saúde. Epidemiologia.

Voltar ao topoVoltar