Início do conteúdo

INTEGRALIDADE DA ATENÇÃO NA SAÚDE DA FAMILIA: ELENCO DE SERVIÇOS OFERTADOS EM SÃO LUIS

RESUMO

Este estudo buscou compreender o atributo Integralidade na estratégia Saúde da Família a partir da oferta do elenco de serviços, em uma capital do Brasil, segundo a perspectiva dos usuários, gestores e profissionais de saúde. Metodologia: Para alcançar os objetivos propostos, foram analisados dados produzidos por meio de um projeto de pesquisa intitulado “Avaliação da qualidade dos serviços da atenção básica do Sistema Único de Saúde no município de São Luís, Maranhão”, realizado no período de janeiro de 2010 a março de 2011. A população alvo foi composta por gestores, profissionais e usuários cadastrados na Estratégia Saúde da Família em São Luís. O instrumento de pesquisa utilizado foi o PCATool- Brasil. Entrevistando-se 882 usuários, 32 gestores e 80 profissionais de saúde. Resultados: Segundo usuários, profissionais e gestores o item Atendimento para crianças obteve o melhor índice de disponibilidade, um escore médio entre 5 e 6 (disponibilidade satisfatória – próxima de 100%). A oferta de pequenas cirurgias foi apontada pelos três tipos de informantes – chaves como o item menos disponível nas unidades básicas de saúde, com escore variando entre 1 a 4, obtendo de 11% a 40% de disponibilidade na estratégia Saúde da Família. Conclusão: A percepção do sobre o elenco de serviços ofertados na estratégia mostrou importantes diferenças entre os sujeitos. Os profissionais e gestores, na grande maioria dos itens, avaliaram melhor o serviços do que os usuário, principalmente quando considerado atendimento para crianças e vacinação infantil. Já na visão dos usuários, a disponibilidade do serviço de educação preventiva odontológica obteve avaliação de nível crítico. Há necessidade de maior proximidade da gestão com os usuários da saúde, procurando conhecer suas reais necessidades e deficiências.

Palavras-chave: Elenco de serviços, Atenção Básica, Saúde da Família.

Voltar ao topoVoltar