Início do conteúdo

ITINERÁRIO TERAPÊUTICO DE GESTANTES DE ALTO RISCO

RESUMO

As gestantes de alto risco apresentam probabilidade maior de evolução desfavorável tanto para mãe como para o feto. O acompanhamento do pré-natal de alto risco tem como finalidade intervir, de modo a diminuir os riscos, proporcionando o nascimento de uma criança saudável sem prejuízos à saúde materna. As Redes de Atenção à Saúde surgem com a proposta de superar a fragmentação dos serviços e articular seus diversos pontos, tendo a Atenção Básica à Saúde como a coordenadora do cuidado. O caminhar como preceptor do Programa de Educação pelo Trabalho para Saúde/ Rede Cegonha despertou o interesse sobre as trajetórias percorridas pelas gestantes. Este estudo objetivou analisar o itinerário terapêutico de gestantes de alto risco do município de Maracanaú-CE. O presente estudo caracteriza-se como exploratório analítico, com abordagem qualitativa. Contribuíram com o estudo mulheres que foram acompanhadas pelo ambulatório de pré-natal de alto risco do município. A coleta dos dados foi realizada através de entrevista semiestruturada. Analisar o itinerário terapêutico envolve compreender o processo de escolha e decisão das gestantes, a disciplina que melhor se adequou para possibilitar essa compreensão foi a Análise do Discurso. Durante a caminhada, emergiram duas categorias: itinerário terapêutico e comunicação em saúde. Cinco tópicos emergiram da categoria itinerário terapêutico: caminhos percorridos, descoberta da gravidez, saberes sobre o alto risco, pré-natal de alto risco e parto. A comunicação foi uma categoria que emergiu durante todo o caminhar das gestantes. O estudo do itinerário terapêutico das gestantes de alto risco demonstrou grande capacidade para orientar o processo de trabalho nas redes de saúde.

Palavras-chave: Gravidez de alto risco. Gestantes. Serviço de saúde materno infantil.

Voltar ao topoVoltar