Início do conteúdo

MACROCOMPETÊNCIAS PARA O CURRÍCULO DOS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA EM MEDICINA DE FAMÍLIA E COMUNIDADE DE FORTALEZA/CE

RESUMO
A falta de um currículo baseado em competências para nortear e qualificar o ensino dos residentes é uma realidade em vários os Programas de Residência no país. Esta vulnerabilidade foi problematizada por residentes, preceptores e coordenação do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC), o que gerou a necessidade do desenvolvimento deste estudo. Este fato traz as seguintes vulnerabilidades: falta de clareza dos objetivos de aprendizado, das estratégias educacionais e de avaliação a serem abordadas. Inicialmente foi realizada uma revisão da literatura sobre os currículos baseados em competência e uma análise dos documentos elaborados por associações, sociedades e entidades profissionais. Em seguida foi realizado um curso de formação docente para os preceptores do PRMFC, com discussões sobre as bases teóricas do currículo baseado em competência; metodologias ativas de aprendizagem; planejamento e condução de estratégias e atividades educacionais; e avaliação da aprendizagem. Após a capacitação foram realizadas oficinas de desenvolvimento de uma matriz de macrocompetências. Esta trabalho traz como produtos a capacitação de 12 preceptores do PRMFC e a construção de uma matriz de macrocompetências. Certamente irá para favorecer o processo de ensino-aprendizagem nos dois anos de programa, avaliando as competências dos residentes no final do curso, o que garante para a sociedade um profissional apto para desenvolver as suas ações. Com um currículo baseado em competências necessárias para MFC e APS desejamos reorientar os processos de ensino-aprendizagem dos residentes e preceptores para qualificar a prática.
Palavras-chave: Medicina de Família e Comunidade; Educação médica; Currículo; e Internato e Residência.

Voltar ao topoVoltar