Início do conteúdo

A PRODUÇÃO DE REDES DE CUIDADO NA ATENÇÃO BÁSICA: O PROTAGONISMO DO NÚCLEO DE APOIO À SAÚDE DA FAMÍLIA DE PARNAÍBA-PI

RESUMO
O objetivo deste trabalho foi compreender de que modo profissionais da ESF e NASF do Município de Parnaíba articulam-se para produção de práticas de cuidado com foco na integralidade e para mobilização de redes de cuidado na atenção básica. Tratou-se de um estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa do tipo estudo de caso. Para coleta dos dados, foram utilizados a entrevista semiestruturada e o diário de campo e os dados tratados a partir da análise de conteúdo temática. Os resultados obtidos apontam que a concepção de NASF e o processo de implantação do programa na realidade estudada apresentaram falhas que não só influenciaram o modelo de atuação, mas também grande parte das dificuldades encontradas na formatação dos processos de trabalho entre ESF e NASF. Porém, apesar das dificuldades e desafios encontrados no processo de implantação, pode-se verificar com clareza que o mesmo foi capaz de incorporar dispositivos de apoio e cooperação horizontal, tais como trocas de experiências e discussão de situações entre trabalhadores não só da atenção básica com de outros setores e que tanto profissionais do NASF quanto das ESF percebem a implantação do NASF de maneira positiva, sendo apontado que as maiores contribuições do programa para o fortalecimento da atenção básica de Parnaíba referem-se justamente as ferramentas tecnológicas que o NASF apresenta. Considera-se, portanto que, o NASF na realidade estudada ainda enfrentará alguns desafios, mas que é possível dizer com segurança que apesar das dificuldades relatas e percebidas nas falas dos profissionais entrevistados e nos documentos analisados, que o NASF desempenha um papel de protagonista juntamente com ESF no fortalecimento e qualificação da atenção básica.
Palavras-chave: Núcleo de Apoio à Saúde da Família. Redes de Cuidado. Atenção básica.

Voltar ao topoVoltar