Início do conteúdo

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS SOBRE A INTERDISCIPLINARIDADE: percepções das equipes multiprofissionais dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família

RESUMO

A Estratégia Saúde da Família é, por excelência, um espaço de trabalho interdisciplinar que se encontra prescrito em toda a legislação e produção sobre o tema. O objetivo deste trabalho foi analisar as representações sociais de profissionais de Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) sobre a interdisciplinaridade em suas práticas. O estudo é qualitativo, descritivo e analítico, com abordagem crítico-dialética. O campo empírico constituiu-se dos NASF da Secretaria Executiva Regional IV (SER IV), em Fortaleza (CE). Como técnicas de coleta de dados foram utilizadas observação participante com registros em diário de campo e entrevistas semiestruturadas, realizadas entre outubro de 2013 e fevereiro de 2014. Os informantes são profissionais e coordenadores dos NASF da SER IV. A definição da amostra utilizou o critério de saturação. A análise utilizou a Hermenêutica de Profundidade. As representações sobre interdisciplinaridade foram organizadas nas seguintes categorias empíricas: processo em construção e realização de atividades conjuntas e resultado do compromisso das equipes. O processo de trabalho perpassa todas as representações interferindo tanto nas percepções quanto nas práticas desenvolvidas. Os caminhos percorridos apontam para uma interdisciplinaridade ainda embrionária, resultado de inúmeros fatores intrínsecos e extrínsecos ao próprio grupo. As dificuldades oriundas das cobranças de produtividade por parte da gestão, o planejamento incipiente, a capacitação ainda insuficiente e a precarização das relações de trabalho são elementos que impactam negativamente na realização de práticas efetivamente interdisciplinares. Contudo, as falas dos sujeitos também denotam inúmeras possibilidades que se constroem no campo da saúde e inspiram a superação da fragmentação dos múltiplos saberes que atuam na perspectiva coletiva. Há desafios para a interdisciplinaridade nos NASF que devem ser superados para garantir a efetividade de suas ações.

Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde; Núcleo de Apoio à Saúde da Família; Interdisciplinaridade; Representações Sociais.

Voltar ao topoVoltar