Início do conteúdo

Saúde e escola: a construção de um projeto de intervenção

RESUMO

A escola é um espaço importante para o desenvolvimento de opção de promoção da saúde, é o que afirmam os estudos quando discutem a relação entre a saúde e a escola. Através da leitura em produção científicas que tratam do assunto, observou-se que as ações de educação em saúde desenvolvidas na escola não estavam de acordo com as reais necessidades do território, porque eram pontuais, sem planejamento sistematizado das atividades e os alunos alvos das ações de educação em saúde, eram agentes passivos e receptores de informações. Diante desse diagnostic, o objetivo desse estudo foi elaborar e aplicar um projeto de intervenção, com foco no componente II, do Programa Saúde da Fa mília, em uma escola do município de Caucaia - CE. Estudo de intervenção, com abordagem qualitativa, cujo referencial técnicopara a metodologia foi Community based participatory research - CBPR (Pesquisa Participativa Baseada na Comunidade). Foram realizados encontros para a identificação de parceiros e de formalização da parceria. Os participantes do grupo identificaram as pontecializades e as limitações do território, estabeleceram o tema gravidez na adolecência como prioritário para intervenção, realizaram uma reflexão crítica sobre o tema e determinaram a estratágia para o desenvolvimento da intervenção. Foiu realizada uma roda de conversa para análise da continuidade e da sustentabilidade dessa intervenção. Os dados produzidos foram organizados, categorizados em temas principais e confrontados com a literatura que trata do assunto. Para os alunos participantes a categoria aprendizado predominou nas falas de sua avaliação da intervenção. Também observoiu-se a presença do empoderamento como elemento do grupo. A interação estabelecida entre a saúde e a escola nesse estudo contribuiu para a troca de ideias e o fortalecimento do vínculo.

Palavra chave: Adolescente. Educação em Saúde. Atenção Primária à Saúde.

 

Voltar ao topoVoltar